Translate

terça-feira, 31 de agosto de 2010

SALADA DE LEGUMES COM ATUM


.2 colheres (sopa) de azeite
.sal a gosto
.3 tomates
.1 colher (sopa) de requeijão
.1 colher (sobremesa) de salsa picada
.1 caixinha de creme de leite
.1 lata de atum
.legumes cozidos no vapor(batata,ervilha,cenoura,milho verde...)

Modo de preparo

Corte  uma tampa  nos tomates , retire a polpa e coloque-os sobre papel absorvente de boca para baixo. Em uma tigela, misture o requeijão, a salsa e  o creme de leite em seguida misture os legumes cozidos no vapor e o atum. Recheie os tomates com a mistura,  mas antes tempere o tomate com azeite sal e pimenta do reino. Em uma travessa, coloque os tomates recheados e sirva em seguida.

segunda-feira, 30 de agosto de 2010

BOLO BRIGADEIRO



Esse bolinho ficou meio branquela porque já tinha começado fazer e ñ tinha cacau em pó daí me virei com achocolatado mesmo,mas a única diferença para mim é a cor fica assim meio sem graça,gosto bem pretinho mesmo!Nesse bolo tbm usei um pouco de chantily na cobertura e no recheio!

Massa
4 ovos
2 xícaras (chá) de açúcar
1 xícara (chá) de água
½ xícara (chá) de óleo
6 colheres (sopa) de chocolate em pó
3 xícaras (chá) de farinha de trigo
1 colher (sopa) de fermento em pó
Margarina e farinha de trigo para untar e enfarinhar a fôrma

Recheio e Cobertura
4 xícaras (chá) de leite condensado
2 xícaras (chá) de creme de leite (sem soro)
4 colheres (sopa) de cacau em pó
1 colher (sopa) de manteiga
2 xícaras (chá) de chocolate granulado
250  gs de chantily pronto

Calda
1 xícara (chá) de água
1 xícara (chá) de açúcar
Canela em pau a gosto
2 cravos-da-índia

Em uma batedeira, bata os ovos com o açúcar até que obtenha um creme fofo e claro. Acrescente, sem parar de bater, a água, o óleo, o chocolate, a farinha de trigo aos poucos e, por fim, o fermento até que fique homogêneo. Despeje em uma fôrma de aro removível untada e enfarinhada e leve para assar no forno preaquecido (150 ºC) por cerca de 30 minutos. Enquanto isso, em uma panela, misture o leite condensado, o creme de leite, o cacau, a manteiga e deixe apurar, sem parar de mexer, por cerca de 20 minutos no fogo médio. Reserve. Em outra panela, misture a água, o açúcar, a canela, o cravo e deixe no fogo médio até que levante fervura. Retire a canela em pau e o cravo. Reserve. Deixe o bolo esfriar, desenforme-o e corte-o ao meio. Regue o bolo com a calda, e cubra a metade do bolo com brigadeiro(passei uma camada de chantily antes do brigadeiro). Em seguida, coloque a outra metade do bolo por cima do recheio e cubra-o com o restante do brigadeiro. Decore com o chocolate granulado e leve a geladeira até a hora de servir!

sábado, 28 de agosto de 2010

A BOLACHA



Era uma vez uma moça que estava à espera de seu vôo,
na sala de embarque de um grande aeroporto. 
Como ela deveria esperar por muitas horas, 
resolveu comprar um livro para matar o tempo. Comprou,
também, um pacote de bolachas. 
Sentou-se numa poltrona, na sala VIP do aeroporto, para que pudesse descansar e ler em paz. Ao seu lado sentou-se um homem. 
Quando ela pegou a primeira bolacha, o homem também pegou uma. Ela se sentiu indignada, mas não disse nada. 
Apenas pensou : "Mas que cara de pau ! Se eu estivesse mais disposta, lhe daria um soco no olho para que ele nunca mais esquecesse!!!"
A cada bolacha que ela pegava, o homem também pegava uma. Aquilo a deixava tão indignada que não conseguia nem reagir. Quando restava apenas uma bolacha, ela pensou: 
"Ah. O que será que este abusado vai fazer agora?" 
Então o homem dividiu a última bolacha ao meio, deixando a outra metade para ela. 
Ah!!! Aquilo era demais !!! Ela estava bufando de raiva ! Então, ela pegou o seu livro e as suas coisas e se dirigiu ao local de embarque. 
Quando ela se sentou, confortavelmente, numa poltrona já no interior do avião olhou dentro da bolsa para pegar uma caneta, e, para sua surpresa, o pacote de bolachas estava lá... ainda intacto, fechadinho !!! 
Ela sentiu tanta vergonha! Só então ela percebeu que a errada era ela sempre tão distraída! Ela havia se esquecido que suas bolachas estavam guardadas, dentro da sua bolsa.... 
O homem havia dividido as bolachas dele sem se sentir indignado, nervoso ou revoltado, enquanto ela tinha ficado muito transtornada, pensando estar dividindo as dela com ele. 
E já não havia mais tempo para se explicar... nem para pedir desculpas! 
Quantas vezes, em nossa vida, nós é que estamos comendo as bolachas dos outros, e não temos a consciência disto? 
Antes de concluir, observe melhor! 
Talvez as coisas não sejam exatamente como você pensa!
Não pense o que não sabe sobre as pessoas. 
Existem quatro coisas na vida que não se recuperam: 

- a pedra, depois de atirada; 
- a palavra, depois de proferida; 
- a ocasião, depois de perdida; 
- e o tempo, depois de passado".

quarta-feira, 25 de agosto de 2010

ESPAGUETE COM ALMÔNDEGAS


Adoro massa assim com bastante molho de tomate,esse espaguete
com molho de azeitonas ficou super bom com um aroma delicioso!

300g de carne moída
1 cebola
1 ovo batido
1 colher de sopa salsa picadinha
2 colheres de chá de sal
5 colheres de sopa de farinha de rosca
1 lata de molho de tomate pronto
1 xícara de chá de água
400g de espaguete cozido al dente
azeitonas pretas

Modo de Preparo

Em uma vasilha, coloque a carne moída, a cebola,
o ovo, o sal, e a farinha de rosca.
Misture tudo muito bem até formar uma
massa.Faça as almôndegas não muito grandes.
Em uma panela, ponha o
molho de tomate e a água e leve ao fogo até ferver.
Acrescente as almôndegas e cozinhe por + ou - 15
minutos em fogo baixo.
Coloque o espaguete em um refratário
coloque o molho por cima e salpique
queijo ralado. Siva imediatamente.

domingo, 22 de agosto de 2010

FLORESTA NEGRA




Bolo de Chocolate recheado com chantilly, cereja e raspas de chocolate muito fácil !Sempre que faço um bolo grande aproveito as sobras e aparas do bolo,do recheio e da cobertura e dos enfeites e faço outro mini para meu marido ele gosta muito desse mimo!!rsrsrs
Aí está um mine floresta negra!

6 ovos
6 colheres (sopa) de açúcar
6 colheres (sopa) de farinha de trigo
2 colheres (sopa) de chocolate em pó
meia colher (chá) de fermento em pó
meia xícara (chá) de rum
500 g de chantilly pronto
1 xícara (chá) de cereja picadas
500 g de cobertura de chocolate ao leite em raspas
cereja inteiras para decorar
óleo para untar
farinha de trigo para polvilhar
Em uma batedeira, bata as claras em neve, junte as gemas e o açúcar aos poucos, sempre batendo. Misture a farinha de trigo juntamente com o Chocolate em Pó e o fermento e despeje sobre as claras, misturando delicadamente. Asse em forma redonda (25 cm de diâmetro), untada e polvilhada e asse em forno médio (180°C), preaquecido, por cerca de 40 minutos. Desenforme e deixe esfriar. Depois de frio, corte ao meio e umedeça com o rum. Recheie com parte do chantilly e as cerejas. Cubra com o chantilly restante e raspas de chocolate. Decore com as cerejas inteiras. Se quizer use a calda da cereja para umedecer o bolo.

sábado, 21 de agosto de 2010

ELE




O olhar de Jesus
O vento forte, que arrasta tudo,
faz silêncio para ouvir a sua voz, fica mudo.
O mar revolto, com ondas gigantes e inquietas
se alcalma para sentir o seu toque, se aquieta.
A doença que parece não ter fim,
se retira, e até a ferida mais antiga,
seca diante do seu desejar,
faz a saúde restaurar.
As pedras que tentam te atirar,
ficam ali mesmo, pelo chão,
diante da sua autoridade, paraliza-se a mão.
Ele fala com poder, direto no coração.
As acusações se perdem,
o medo se vai, a coragem se ergue.A esperança se renova,
o dia não finda,
a noite é sempre linda.
E a vida, um eterno recomeçar,
pois com Ele, com Jesus,
é sempre tempo de amar.
Ele te ama profundamente,
e onde você estiver, triste ou contente,
Ele está contigo.
Ele deixa os templos e segue para as prisões,
deixa os estádios e segue para os hospitais,
Larga os ricos, se aproxima dos pobres,
deixa de lado os sábios, vem instruir os que nada sabem.
E se alguém te excluiu,
se alguém te magoou, feriu.
Se disseram que você não tem mais jeito,
que a sua vida não vale nada:
olhe para chuva lá fora, e perceba;
que a mesma água que cai do céu, cheia de vida,
desce sobre a orquídea mais linda,
e na mesma quantidade, sobre a erva daninha,
o capim mais desprezado,
por Deus é tão amado.
Pois Ele não privilegia ninguém,
e através de Jesus, neste momento,
segura na sua mão, traz alento,
fala da eternidade, de salvação,
toca fundo na alma, quebranta o seu coração.
Nada pede, nada cobra, nada reclama,
Jesus só repete, que muito te ama.
Sinta o amor que chega agora,
nas letras miúdas dessa mensagem,
que rima fé, esperança e coragem.
Para trazer alegria, saúde, paz, entendimento, esperança e salvação,
para entrar na sua casa e fazer morada, pois Ele te abraça,
e tudo passa…

Amém.

Paulo Roberto Gaefke

quinta-feira, 19 de agosto de 2010

A CORRIDA DOS SAPINHOS




       
        
 

   Era uma vez uma corrida de sapinhos: o objetivo era atingir o alto de uma grande torre.
     Havia no local uma multidão assistindo para vibrar e torcer por eles.  Começou a competição... mas a multidão não acreditava que os sapinhos pudessem alcançar o alto daquela torre. O que mais se ouvia era:
   - Que pena, esses sapinhos não vão conseguir.... não vão conseguir!
E os sapinhos começaram a desistir. Mas havia um que persistia e continuava a subida em busca do topo. E a multidão continuava gritando:
   - Que pena, esses sapinhos não vão conseguir.... não vão conseguir!
E os sapinhos estavam mesmo desistindo, um por um, menos aquele que continuava tranqüilo, embora arfante. Ao final da competição, todos haviam desistido, menos ele. A curiosidade tomou conta de todos.... queriam saber o que tinha acontecido. E assim, quando foram perguntar ao sapinho como ele havia conseguido concluir a prova, descobriram que ele era surdo.

      Ou seja.... não permita que as pessoas com o péssimo hábito de serem negativas derrubem as melhores e mais sábias esperanças de seu coração. 

terça-feira, 17 de agosto de 2010

O MEDO DO MENINO




Que barulho estranho,
vem lá de fora,
vem lá de dentro?!

Que barulho medonho
no forro,
no porão,
na cozinha,
ou na despensa!...

Será fantasma
ou alma penada ?
Será bicho furioso
ou barulhinho de nada ?

E o menino olha
na escura escada
e não vê nada.


Travesseiro
E olha na vidraça
e uma sombra o ameaça.

Quem se esconde ?
Esconde onde?

Se vem alguém passo a passo
Na rua deserta
O medo aumenta.


Passos de gente de casa
Encolhe o medo.

Se somem vozes e passos
De gente de casa,
No ato, no quarto,
Vem o arrepio .

E o menino encolhe,
Fica todo enroladinho.


E se embrulha nas cobertas,
Enfia a cabeça no travesseiro
E devagar, devagarinho,
Sem segredo,
Vem o sono .

E some o medo.

Elias José

segunda-feira, 16 de agosto de 2010

EU OUVI DEUS...



Levantei chateado já pensando nos inúmeros problemas que eu tinha para resolver naquele dia, um gosto amargo na boca, dores pelo corpo e uma angústia esquisita me invadia a alma e dizia que eu não havia dormido bem. Eu parecia uma barata tonta, não tinha idéia de "por onde começar".
Quando sai para a rua fui surpreendido por um dia maravilhoso, um sol "gostoso" iluminava um céu azul quase sem nuvens, e eu tive a impressão de que Deus queria falar comigo. 
Continuei caminhando e nas árvores da praça perto de casa, dezenas de passarinhos cantavam alegres e disputavam alimentos com uma barulheira festiva, e senti que Deus queria falar comigo.
Olhei para as flores daquele Jardim e me lembrei de Jesus falando aos antigos: "(LC 12:27)

"Olhai os lírios no campo, como eles crescem; não trabalham, nem fiam; e digo-vos que nem ainda Salomão, em toda a sua glória, se vestiu como um deles.", e mais uma vez senti que Deus queria falar comigo.

Angustiado com meus problemas que pareciam ser os mesmos sempre, parecia que eu nunca iria sair daquele círculo de aflições, quando percebi que minhas pernas estavam me levando por todos os lugares que eu queria, mesmo sem eu ordenar nada, que meus braços eram fortes e eu poderia utilizar essa força para o trabalho, e que meu cérebro possuía ainda um raciocínio muito rápido, e mais uma vez percebi que Deus queria falar comigo.
Mais a frente, vi um menino de no máximo 3 anos, com os bracinhos esticados e nas pontas dos pés pulando para alcançar uma maçã no alto de uma árvore. Mesmo com todo o seu esforço, empenho e alegria, eu percebi que ele nunca iria conseguir alcançar aquela maçã, e nesse momento eu ouvi Deus me falar que nós somos iguais aquela criança, na maioria dos nossos dias, colocamos nossa felicidade, nossos melhores sonhos, em lugares tão altos como aquela maçã estava para o menino, perseguimos frutos que não estão ao nosso alcance, e desprezamos o belo, as coisas boas que a vida nos oferece e nem damos a devida atenção.
Percebi então, quanto tempo eu estava perdendo amando quem não me amava, trabalhando onde não me sentia feliz, fazendo coisas somente para agradar quem nunca mereceu, desejando coisas que eu nem sabia se me fariam felizes, buscando um Deus da guerra para vencer meus inimigos, quando Deus é só amor. Então compreendi que a felicidade está onde nós estamos, onde está o nosso coração e nesse dia, finalmente, eu ouvi Deus.

 Paulo Roberto Gaefke

sexta-feira, 13 de agosto de 2010

A RATOEIRA



Um rato olhando pelo buraco na parede vê o fazendeiro e sua esposa abrindo um pacote. Pensou logo em que tipo de comida poderia ter ali.
Ficou aterrorizado quando descobriu que era uma ratoeira.
Foi para o pátio da fazenda advertindo a todos:
" Tem uma ratoeira na casa, uma ratoeira na casa."
A galinha, que estava cacarejando e ciscando, levantou a cabeça e disse:
"Desculpe-me Sr. Rato, eu entendo que é um grande problema para o senhor,
mas não me prejudica em nada, não me incomoda."
O rato foi até o porco e disse a ele:
"Tem uma ratoeira na casa, uma ratoeira."
"Desculpe-me Sr. Rato, mas não há nada que eu possa fazer, a não ser rezar.
Fique tranqüilo que o senhor será lembrado nas minhas preces."
O rato dirigiu-se então à vaca. Ela disse:
"O que Sr. Rato? Uma ratoeira? Por acaso estou em perigo? Acho que não!"
Então o rato voltou para a casa, cabisbaixo e abatido, para encarar a ratoeira do fazendeiro. 
Naquela noite ouviu-se um barulho, como o de uma ratoeira pegando sua
vítima. A mulher do fazendeiro correu para ver o que havia pego. No escuro, 
ela não viu que a ratoeira pegou a cauda de uma cobra venenosa.
A cobra picou a mulher.
O fazendeiro a levou imediatamente ao hospital. Ela voltou com febre. Todo mundo sabe que para alimentar alguém com febre, nada melhor que uma canja.
O fazendeiro pegou seu cutelo e foi providenciar o ingrediente principal.
Como a doença da mulher continuava, os amigos e vizinhos vieram visitá-la.
Para alimentá-los o fazendeiro matou o porco. A mulher não melhorou e muitas Pessoas vieram visitá-la.
Muita gente veio vê-la o fazendeiro então sacrificou a vaca para alimentar todo aquele povo.
Na próxima vez que você ouvir dizer que alguém está diante de um problema e acreditar que o problema não lhe diz respeito lembre-se que, quando há uma ratoeira na casa, toda a fazenda corre risco.

quinta-feira, 12 de agosto de 2010

O PODER DO AMOR

O amor tem um poder incrível sobre o ser humano
Quando ele acontece, é como se nascesse uma força que transforma tudo o que está ao nosso redor.
Tudo fica melhor, mais bonito.
A paisagem muda, o dia fica iluminado, a natureza se transforma.
É possível sentir a revoada de pássaros na floresta.
É possível sentir as estrelas se aproximando mais da terra.
É possível sentir que Deus está bem pertinho de nós,
é como se Ele acendesse uma luz lá no céu, refletindo sobre a terra,
para iluminar o coração de quem ama.
As estações do tempo se tornam contrárias à realidade de quem ama.
Se é inverno e a neve cai lá fora, aqui dentro é primavera, tempo de flores e canções.
Se é verão, e faz sol lá fora, aqui dentro chove... chove muito amor.
Se é inverno e faz frio lá fora, aqui dentro o coração aquece-se na chama ardente da paixão.
Esse é um dos poderes do amor: o poder de transformar...
A exatidão da realidade em uma doce razão para sonhar.

Arca do auto conhecimento

quarta-feira, 11 de agosto de 2010

MEU ANIVERSÁRIO

Ainda bem que a enxaqueca foi embora aproveito para agradecer todos recadinhos carinhosos que recebi de melhoras fiquei muito feliz ,Ainda ñ estou completamente boa porque a enxaqueca ela deixa uma ressaca depois que vai embora,mas tudo vai acabar bem!
Hoje estou completando mais um ano de vida e estou muito feliz por isso!
Agradeço a Deus todos os dias a graça de estar viva e com saúde e ainda de quebra ser feliz!!!


Hoje é um dia qualquer,
mas, não é um dia comum.
Hoje é meu aniversario!
E eis-me aqui confabulando comigo mesma.
INSANA, ou NORMAL?
Pois estou desejando-me, Feliz Aniversário.
Nunca achei que um dia iria desejar-me
felicidades por estar ficando mais velha.
Mas acabei de fazer isso!
Será insegurança diante da vida?
Será uma maneira de lembrar que mais
um ano se passou, e eu continuo aqui?
Será uma dádiva à agradecer?
Francamente não sei dizer...
Mas prefiro ficar com a ultima opção!
Agradeço à Deus por conceder-me dias,
e momentos felizes.
O amor da minha família, o carinho
e total compreensão das pessoas.
Dos amigos, a sincera amizade.
Que os momentos tristonhos que tive,
me tornaram maior e mais forte.
Que colocou-me lágrimas nos olhos, mas também
pôs-me sorrisos nos lábios.
Peço à Deus que a esperança continue
sendo cultivada em meu coração.
Que minha crença e fé jamais sejam abaladas.
Que meus sonhos não desvaneçam.
Que meu sorriso jamais se apague.
Que minha alma menina continue amando
as flores e os passarinhos.
E que eu possa no ano vindouro,
parabenizar-me novamente.
Afinal, Deus concedeu-me mais um
ano de vida e de alegria.

CECÍLIA

domingo, 8 de agosto de 2010

O MAIOR TESOURO


Certa vez, um homem caminhava pela


praia numa noite de lua a cheia.

Pensava desta forma:

Se tivesse um carro novo, seria feliz;

Se tivesse uma casa grande, seria feliz;

Se tivesse um excelente trabalho, seria feliz;

Se tivesse uma parceira perfeita, seria feliz,

Quando tropeçou com uma sacolinha

cheia de pedras.

Ele começou a jogar as pedrinhas uma a uma

no mar cada vez que dizia:

Seria feliz se tivesse...

Assim o fez até que somente ficou com uma pedrinha na sacolinha, que decidiu guardá- la.

Ao chegar em casa percebeu que aquela pedrinha tratava-sede um diamante muito valioso.

Você imagina quantos diamantes ele jogou

ao mar sem parar para pensar?

Assim são as pessoas... jogam fora seus

preciosos tesouros por estarem esperando

o que acreditam ser perfeito ou sonhando e desejando o que não têm, sem dar valor

ao que têm perto delas.

Se olhassem ao redor, parando para observar, perceberiam quão afortunadas são.

Muito perto de si está sua felicidade.

Cada pedrinha deve ser observada...

pode ser um diamante valioso.

Cada um de nossos dias pode ser considerado

um diamante precioso, valioso e nsubstituível.

Depende de cada um aproveitá-lo ou lançá-lo

ao mar do esquecimento para nunca mais recuperá-lo.

Você como anda jogando suas pedrinhas?

(que podem ser namorados, amigos,

trabalho e até mesmos seus sonhos).

A morte não é a maior perda da vida.

A maior perda da vida é o que morre

dentro de nós enquanto vivemos.

Blandinne

FELIZ DIA DOS PAIS!


Amigos queridos desejo a vocês um feliz dia dos pais, que Deus lhes dê sabedoria para viverem felizes ao lado de seus filhos!
Que este domingo seja especial para todos os pais que por aqui passarem!
Existe um homem que se esmera no comprimento do dever para dar bom exemplo:
Que fica humilde, quando poderia se exaltar;
Que chora à distancia, a fim de não ser observado;
Que, com o coração dilacerado, se embrutece para se impor como um juiz inflexível;
Que, na ausência, usam-no como temor para evitar uma ação menos correta;
Que quase sempre, é chamado de desatualizado;
Que apenas fisicamente, passa o dia distante, na labuta, por um futuro melhor;
Que, ao fim da jornada, avidamente regressa ao lar para levar muito carinho e, as vezes, pouco receber,
Que esta sempre pronto a ofertar uma palavra orientadora ou relatar uma atitude benfazeja que possa ser imitada;
Que, muitas vezes passa noites mal dormidas a decifrar os segredos da vida, quando extenuado, ainda consegue energias para distribuir energias;
Que é tão humano e sensível, por isso, normalmente, sente a ausência do afeto que lhe é dado raramente e de forma pouco comunicativa.
Que, vibra, se emociona e se orgulha pelos feitos daqueles que tanto ama.
 Esse homem geralmente, se agiganta e passa a Ser o valor inexorável quando deixa de existir para sempre.
 Nunca perca, pois, a oportunidade de devotar muito carinho e amizade àquele que é seu melhor amigo: SEU PAI. 


quinta-feira, 5 de agosto de 2010

ENXAQUECA ...TÔ MALZÃO...


Cinco dias que estou com essa maldita enxaqueca  ñ posso nem passar perto da cozinha argh...um  horror...
Assim que der volto ñ consigo nem abrir os olhos direito!
Deixo aqui algo sobre a enxaqueca:
ENXAQUECAS SÃO CRISES DE DOR DE CABEÇA DE INTENSIDADE MODERADA / GRAVE , GERALMENTE UNILATERAIS , LATEJANTES E HABITUALMENTE ACOMPANHADAS DE NÁUSEAS, VÔMITOS, INTOLERÂNCIA À CLARIDADE , BARULHO E CHEIRO. APRESENTAM UMA PREVALÊNCIA DE 16% NAS MULHERES E DE 6 % DOS HOMENS . SÃO MAIS FREQÜENTES NAS MULHERES, TENDO SEU INÍCIO NA PUBERDADE E SE ESTENDEM HABITUALMENTE POR TODA VIDA FÉRTIL. PODEM APRESENTAR GRANDE MELHORA DURANTE AS GESTAÇÕES E APÓS A MENOPAUSA. AS CRISES TEM FREQÜÊNCIA VARIÁVEL, DURAM POR HORAS OU ATÉ DIAS, PODENDO ALCANÇAR NUM PERCENTUAL RAZOÁVEL DE PACIENTES UMA FREQÜÊNCIA DIÁRIA OU QUASE QUE DIÁRIA

ALGUNS PACIENTES ANTES DAS CRISES APRESENTAM ALTERAÇÕES VISUAIS ( VISÃO EMBAÇADA, LUZES COLORIDAS OU ATÉ PERDA PARCIAL DA VISÃO ). ESTAS ALTERAÇÕES GERALMENTE PRECEDEM AS CRISES E DURAM POR CERCA DE 30 MINUTOS . AS CRISES PODEM OU NÃO TER FATORES DESENCADEANTES TAIS COMO : DORMIR MUITO, DORMIR POUCO , DORMIR FORA DE HORA , DETERMINADOS ALIMENTOS , CHEIROS FORTES , CICLO MENSTRUAL, EXPOSIÇÃO AO SOL, ESFORÇO FÍSICO E BEBIDA ALCOÓLICA E STRESS EMOCIONAL , DENTRE OUTROS. ESTES FATORES DEVEM SER PARTICULARIZADO PARA CADA PACIENTE .

terça-feira, 3 de agosto de 2010

VIDA SEM PRESSA



Você já parou para olhar crianças brincando num parque ou para ouvir o som da chuva quando chega ao chão?
Já parou para ver o vôo errante de uma borboleta?
Já ficou simplesmente observando o sol sumir dentro do escuro da noite?
Melhor ir mais devagar... Não corra tanto...
Vá mais lentamente pela vida: ela não é tão curta quanto nos fazem acreditar.
Você voa apressado o tempo todo? Vá mais devagar... Flutue no ar...
Quando você pergunta “como vai?” você escuta a resposta?
Quando acaba o dia você se deita pensando em mil coisas para o dia seguinte? Durma em paz.
Você já disse a uma criança “vamos deixar pra depois” e na sua pressa não notou sua inocente tristeza?
Você já deixou de conservar a vida de uma amizade, sabendo depois que um amigo deixou este mundo sem seu adeus?
Uma amizade perdida no tempo porque na sua pressa deixou de lembrar de um “olá”?
Quando você corre para chegar a algum lugar, perde metade da alegria de poder chegar lá.
Quando você se preocupa e se apressa o dia todo, é como deixar um presente embrulhado e depois jogá-lo fora.
A vida não é uma pista de corrida. Cuide-se e vá mais devagar.
Sinta cada instante seu, dance calmamente a música da alma e sinta a força da sua canção.
Vá mais devagar. Dance... dance... mas dance devagar.
Calma! A música vai continuar!




segunda-feira, 2 de agosto de 2010

MANJAR BRANCO


Fiz essa sobremesa para o almoço de hoje ficou bem leve! ñ tinha ameixa então fiz a calda de morangos mesmo ficou diferente bem azedinha !

- 4 xícaras (chá) de leite
- 1 lata de leite condensado
- 1 lata de creme de leite
- 1 vidro pequeno de leite de coco
- 1 colher de sopa de manteiga
- 1/2 xícara (chá) de maisena
- coco ralado a gosto
CALDA
- 1 kilo de morango
- 3 xícara (chá) dé açúcar de confeiteiro
- 1 xicara de agua
-2 colheres de sopa de caldo de limão
Modo de Preparo:
1. Coloque no liquidificador o leite, o leite condensado, o creme de leite, o leite de coco, o coco,a manteiga, a maisena e bata por 3 minutos.
2. Transfira a mistura para uma panela e leve ao fogo alto, sem parar de mexer, por 20 minutos, ou até formar um creme e desgrudar do fundo da panela. coloque em uma forma de vidro ou plástico untada com um pouco de óleo para facilitar na hora de desinformar
 Leve à geladeira por 1 hora.
4. Calda: coloque em uma panela os morangos picados ,o açúcar a agua é o limão .
5. Reduza o fogo e, sem parar de mexer, cozinhe por 10 minutos, ou até desgrudar do fundo da panela e formar uma calda encorpada. Desenforme o manjar e sirva com a calda quente ou fria.